5 premissas para a organização pessoal: ponto 4 - a priorização

Evite a sobrecarga entendendo de vez o que é prioridade





Ser capaz de identificar as prioridades da vida e focar em tarefas que nos levam em direção ao cumprimento de nossas metas é essencial, o problema é que nem sempre sabemos por onde começar a fazer isso, especialmente quando vivemos em um contexto de sobrecarga.


Outro dia li um post da Lella Malta, escritora que desenvolve trabalho de preparação para mulheres que desejam escrever, publicar livros ou divulgar sua escrita, que dizia: “Mulher sobrecarregada não faz revolução. Não faz arte, não faz política, não experimenta o ócio que cria e reinventa. Produz muito, vive pouco. Conta nos dedos os minutos de silêncio enquanto grita, emudecida, a sua exaustão. O trecho que faz parte do livro “Prazer, Paniquenta: desventuras tragicômicas de uma ansiosa”, me fez refletir, inclusive, criou-me o interesse em conhecer mais o trabalho da autora, antes desconhecida para mim.


2022 começou tranquilo e fiz um extenso planejamento para que antes de entrar em uma nova rotina, conseguisse descansar. Pelo contrário, fui encontrando uma série de convites pelo meio do caminho, dizendo sim, e de repente, me vi novamente sobrecarregada, emudecida enquanto gritava de exaustão. Senti que em janeiro, eu não soube identificar minhas prioridades, não foi por mal, afinal, acerto mais do que erro quando o assunto é organização. No entanto, as armadilhas da sobrecarga foram sedutoras, pareciam me oferecer um pódio: o de heroína. E aí, muitas de vocês já sabem o que acontece quando somos atraídas pela vaidade do arquétipo de heroína. Geralmente nos ferramos.


Em sobrecarga, não há outra solução: é preciso saber não só por onde começar a se organizar, mas também como recomeçar. A priorização, diferente do que muitos pensam, não é um método estanque como um pomodoro, uma matriz de Eisenhower, o processo de priorizar tem haver com adoção, adaptação e execução. Sim, adoção, da palavra “adotar”. Você adota uma método pré-existente ou simplesmente cria um que faça sentido para você.


Aprender a priorizar tem muito mais relação com se organizar constantemente do que simplesmente parar em algum momento aleatório da vida, fazer uma lista e incluir no topo aquilo que você acredita que é prioridade. Isso é claro, faz parte do processo, mas não é o centro dela.


Priorizar “significa também saber diferenciar entre o urgente e o importante. Além disso, e talvez este seja o ponto mais difícil para a maioria das pessoas: aprender a priorizar nos obriga muitas vezes a deixar coisas, ou ainda deixar pessoas, para trás”. Fonte: A mente é maravilhosa


Uma lista para aprender a priorizar:

  • Revise sempre as suas metas. Existe um poder oculto em planejar, mas sobretudo, existe uma força exponencial em sempre olhar para as suas metas de tempos em tempos;

  • Reduza a complexidade: quando priorizar parecer impossível, seja o mais objetiva possível. Qual a primeira coisa que, se estivesse na posição de delegar ou abrir mão, você faria sem pensar duas vezes? Se isso não é uma meta, deve passar a ser;

  • Organize-se constantemente, mas organize-se por etapas. Tempo é recurso, não são todas as pessoas que dispõem dele para fazer tudo de vez. Respeite inclusive o seu tempo;

  • Conte com uma rede de apoio, amigos, família, enfim, pessoas que você confia. Pergunte-as como elas estão sentindo que está você, quais são as atividades que elas sentem que lhe tiram a paz?

  • Quando a ansiedade e o desespero forem maiores que a capacidade de se organizar e caminhar em direção aos seus objetivos, busque ajuda profissional. Uma escuta especializada e preparada a ouvir não é qualquer escuta.

"5 premissas para a organização pessoal" é uma série de conteúdos que tratam sobre etapas para o processo de organizar-se com conteúdos inicialmente publicados no Instagram. Encontre as 3 primeiras premissas: organização do ambiente; planejamento financeiro e antecipação no feed do meu perfil.

18 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo